sexta-feira, janeiro 18, 2008

Jovens fazem Paris-Dakar a pé

Este ano os organizadores do rally Paris-Dakar decidiram suspender a prova devido às ameaças terroristas. O maior rally do mundo cedeu, deta forma, aos terroristas - sem dúvida uma vergonha - e deixou tristes os que seguem aquela que é uma das provas mais conhecidas do calendário desportivo mundial. Mas como quem não tem carro vai a pé, dois jovens decidiram "desafiar" os terroristas e fazer o percurso a pé. Isso mesmo: a pé!

O cabo-verdiano Raimundo Querido, conhecido pelos amigos por Munho, e Daniel, um jovem de origem francesa, botaram os pés no chão em Lisboa no dia 20 de Setembro do ano passado e fizeram a travessia [por vários países e pelo deserto do Sahara até chegar, sãos e salvos, em Dakar. Pelo caminho, Raimundo tirou uma linda foto com a bandeira de Cabo Verde em pleno deserto (ver foto).

Este sábado 19 de Janeiro os dois jovens chegam à Praia, provenientes do Senegal, pondo um ponto final numa iniciativa que, talvez, mereça estar no Guineess Book of Records.

Na realidade, tudo o que o ser humano consegue começa num sonho e apenas os que persistem no seu sonho atingem os seus objetivos. Parabéns Munho e Daniel!!!

1 comentário:

moreia disse...

Belo realce que destes ao sonho destes dois jovens.Aproveitei para o partilhar mais para o norte.

Gostei da sensibilidade do teu blog e tenciono voltar aqui mais vezes.

http://www.reves-a-emporter.blogspot.com/

Mantenha da Bélgica.:o)